Estação Jabaquara

Estação Jabaquara, preparo-me pra desembarcar. Imagino a saída do trem, a subida pela escada rolante… Ledo engano! Antes que as portas terminem de abrir, uma manada de búfalos se empurra para dentro do vagão. Impossível sair.

Quase começo a acreditar nas ideias do Darwin, sobre sermos uma evolução dos macacos. Ou quem sabe o contrário: vai que os macacos é que são uma evolução nossa? Pois olha que já vi macacos mais educados. Mas lembro que sou cristão e que acredito que a culpa seja da serpente, não dos macacos… Que seja!

Aliás, é raro ver uma multidão tão ávida por um mesmo objetivo. Sério: parece que todos estão ouvindo Adoniran Barbosa e foram contagiados pelo pensamento: se-eu-perder-esse-trem-que-sai-agora… Mas o próximo sai em 3 minutos! Olho para os búfalos e vejo que não é a pressa de chegar em casa, é o desejo por um lugar para sentar! O sorriso estampado nos rostos enquanto se ajeitam nos bancos não deixa engano.

Ainda ninguém conseguiu sair, e os búfalos já ocupam todos os lugares.
E nesse momento o sistema de som, com uma voz quase que angelical, resolve presentear-me com um momento de prazer e anuncia: “Atenção, esse trem não prestará serviços; os usuários devem retornar à plataforma e aguardar o próximo trem…”.

Ah! Quem não consegue esconder a satisfação pecaminosa agora sou eu.
Os búfalos agora mais parecem os cães-arrependidos do infinito poema do Chaves (e sim: o verso poderia ser repetido 44 vezes sem nenhum problema).

Agora saio do trem, cantarolando: “Não posso ficar nem mais um minuto com você; sinto muito amor, mas não pode ser: moro em Jaçanã…”

Thiago Paulino Jordão
9 de dezembro de 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s